SJ Tech - шаблон joomla Форекс

Embu das Artes sedia III Encontro de Piscicultura

Mai 26, 2011 Hit: 11330 Written by 
Embu das Artes sedia III Encontro de Piscicultura

Ocorreu na manhã de sexta-feira, 22/5, no Parque Francisco Rizzo, a abertura do III Encontro de Piscicultura, organizado pelo Grupo Amigos do Pirarucu. Após duas edições, na capital paulista, o encontro é realizado em Embu das Artes, em parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo.

Sob os eixos educação ambiental, incentivo à pesca esportiva e geração de renda, o evento foi aberto com um vídeo de boas-vindas, do ministro da Aquicultura e Pesca, Helder Barbalho, sucedido pela fala do presidente do Grupo Amigos do Pirarucu, Yasuyuki Hirasaki, que, além de agradecer a presença dos participantes, fez um  breve relato sobre edições anteriores do encontro.

O prefeito de Embu das Artes, Chico Brito, aposta no início de uma nova trajetória da piscicultura na região: “O Governo Federal tem recebido críticas injustas por criar alguns Ministérios, mas nós brasileiros sabemos da importância de fortalecer um Ministério como o da Pesca e da Aquicultura (MPA). Hoje o pequeno pescador que, até um tempo atrás, passava fome na época de defeso – período em que as atividades de caça e pesca ficam vetadas ou controladas -, recebe apoio financeiro. E mais, o fortalecimento do MPA possibilita que, através de um trabalho de educação ambiental, haja incentivo à pesca no País como atividade econômica produtiva, mas também, como atividade de fomento ao turismo e ao ecoturismo. Eu quero lançar o desafio de criar um grupo permanente a partir desse encontro, com apoio do MPA e do Consulado, para fazer um mapeamento refinado das potencialidades dessa atividade na macro-região, ir até esses locais e desenvolver um trabalho conjunto com proprietários”.

O secretário de Turismo de Embu das Artes, Valdir Barbosa, ressaltou o potencial da região para a atividade e a necessidade de capacitação: “Embora nós já estejamos envolvidos, esse ainda é um tema novo, a população que trabalha ou que têm potencial para trabalhar na área de piscicultura, carece de informação e técnicas para desenvolver esse trabalho”.

Representando o Consulado Geral do Japão em São Paulo, o vice-consul, Takeshi  Aihara, falou, em português, sobre a importância da piscicultura para o desenvolvimento do Brasil e demonstrou interesse em firmar parcerias: “De acordo com o relatório da Organização Nações Unidas, o Brasil ocupa o 2º lugar na atividade da aquicultura, sendo grande parte provida da piscicultura. Como cidadão japonês, fico feliz em saber que o meu País, mesmo que em pequena escala, contribua para o desenvolvimento dessa atividade no Brasil e, acredito na cooperação mútua entre os dois Países”.

Jackson Pinelli, representante do ministro Helder Barbalho, e coordenador geral de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura Continental em Estabelecimentos Rurais e Áreas Urbanas, apresentou dados sobre a aquicultura no cenário mundial e nacional e falou sobre os direcionamentos do Plano de Desenvolvimento da Aquicultura, montado no início do Governo da presidente Dilma Rousseff. De acordo com ele, o mercado da aquicultura chega a ser sete vezes maior do que o de carne bovina e nove vezes maior do que o de carne de frango, em âmbito mundial.

Participaram do encontro o vice-preceito e secretário de Serviços Urbanos e Limpeza Pública Natinha, o deputado estadual, Jooji Hato, os vereadores Clidão do Táxi, Rosana Almeida, Edvânio Mendes, João Leite, Carlinhos do Embu e Daniel Fukuda (São Lourenço),  o presidente da Federação das Associações de Pronvíncias do Japão no Brasil, Mikihisa Motohashi, o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Asisstência Social, Osamu Matsuo, o secretário de Estado da Agricultura, Pesca e Aquicultura, de Alagoas, Álvaro José Vasconcelos e os secretários municipais Paulo Vicente (Educação), Nelson Pedroso (Obras), Francisco Iderval (Assuntos Jurídicos), Sandra Fihlie (Saúde), Silvino Bomfim (Esportes e Lazer) e Edson Bezerra (Gestão Democrática).

A programação se estende até o final da tarde, com palestras sobre produção de piscicultura intensiva, piscicultura e pesca do Estado de São Paulo, criação de pirarucu, produção de alimentos e conservação d’água e manejo alimentar de peixes em pesque-pague.

Last modified on Quinta, 28 Maio 2015 12:23
Read 11330 times
Rate this item
(0 votes)

28702 comments

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

Galeria de Vídeos

Você viu?

Comitê Gestor do
Secretarias de Segurança Pública, Saúde e Desenvolvimento Social deram início ao Programa, através ...
Prefeitura promoverá
O intuito do encontro é conhecer as necessidades dos agricultores familiares da região e apresentar ...
Meio Ambiente e Gente
Inscrições: A partir de 04/05 no site www.barueri.sp.gov.br. As inscrições com submissão de ...
Cotia: agenda repleta de
Ginástica Rítmica, Futebol e Karatê representam a cidade nas competições em Mogi das Cruzes, São ...
Ações envolvendo os CAPS
Os usuários dos serviços desenvolvidos pelos centros de atendimento municipal promoveram caminhada, ...